1/02/2012

Especial Radioactive - "In This World"

Enfim amigos, chegamos hoje ao último especial da saga do Radioactive, a faixa é "In This World" produzida por Will Power e co-produzida por Eminem.



Yelawolf: "'In This World" foi a primeira faixa que eu gravei quando fui para Detroit com Marshall. Foi a primeira vez que chegamos lá, e vibrei. Era suposto ser a primeira música que saiu. Teria sido, basicamente, 'Hard White. "Isto foi no início do making of de Radioactive, antes de nós 'Hard White".

"Basicamente, quando chegamos a Marshall, tivemos 12 faixas sólidas. Ele estava tipo, 'Ok 
"Levamos Pooh Bear pra lá, e Will Power estabeleceu a batida. Em seguida, Pooh Bear fez o gancho. Pooh Bear tem esse dom real para se tornar alguém, saber o que eles estão passando e ser capaz de fazer que façam sentido. É claro, eu estava inspirado, uma vez que foi a minha primeira vez na gravação de Detroit. Marshall estava lá, então eu queria tirar liricamente.

"Marshall era como, 'Escreva algo que vai trazer as pessoas para o seu mundo. Realmente calar esses filhos da puta. ' Ele era como, 'Traga-os em sua zona. Deixe-os saber que horas são." Basicamente, ele me deu o 'Vai lá campeão pega eles. Você tem isso. Chuta essa merda. "

"Então eu bati e fui em alguns parques de Trailers emcee, Okie Taylor encontra o Gold child. a propósito, eu estou copyrighting que Okie Taylor encontra a linha Golden Child. Não adianta tentar roubar isso. Essa foi uma boa.

"Lembro-me de minha voz foi totalmente desaparecida. Eu tive que beber toneladas de ginger, limão e mel, porque eu mal conseguia falar. Eu estava sussurrando o dia todo, para que eu pudesse salvar a minha voz para isso. Você pode tipo ouvi-la nos vocais. Eu tive que esperar para fazer esse gancho. Depois eu gravei isso, minha voz estava totalmente fraca e eu não poderia proferir um som.

"Foi realmente assustador estar lá em cima trabalhando. É a última coisa que você quer que aconteça. O primeiro dia você está em Detroit? Sem voz? Você pode imaginar? É como, 'Desculpe, eu só voei todo o caminho até Detroit para a minha primeira sessão com Marshall, mas uhh ... eu não posso cantar" (Risos).  Assim, tornou-se uma verdadeira bênção que a minha voz voltou a tempo e então eu perdi ela de novo logo depois que terminamos a música".

Nenhum comentário:

Postar um comentário