12/05/2011

Entrevista: Rittz fala sobre Yelawolf




Rittz é da Slumerican mesma gravadora que foi do Yelawolf antes de se juntar a Shady Records. Eles tem uma grande amizade e está em músicas como Growin Up In The Gutter e Box Chevy pt. 3.



Parabéns pela seu trabalho no projeto Radioactive.
- Sim cara, obrigado.

Growin Up In The Gutter é uma puta música incrível.
- Você gostou?

Com certeza. É você ou Yela no refrão?
- Não, não. O refrão é do Yela.

É uma música muito intensa. Gostaria de saber como se preparou para esse verso. Como você canalizou essa energia?
- É uma loucura, eu estava no estúdio quando reproduziram o ritmo. A batida é do Will Power, SupaHotBeats. Yela ficou como "Acho que esse é o verso onde quero você." Normalmente não é meu estilo de gravação, mas eu não podia deixar passar esta oportunidade. Ele me disse que eu tinha que usar a frase "Você não tem que ser destes projetos para lidar com esse sentido". Saí dessa, porque eu estou no segundo verso, então tudo funcionou bem.

O ritmo quase de filme tem uma vibração como um filme de Rob Zombie em questão.

- Sim, era definitivamente algo diferente. Eu não sei em quanto tempo a gente gravou. Quando Yela estava deixando a cidade era como, "Neste laboratório senti uma canção de verdade." E eu não poderia estar mais feliz.

Trabalhou em algo mais do projeto Radioactive?
- Não, não. Eu acho que Yela fez 90% em Las Vegas, se não 100%. Quando a gente se encontrou era como "Hey cara eu tenho um novo álbum," e eu "Sério? Em duas semanas?". Foi um tempo muito curto, me mostrou e eu adorei as canções. Acho que ele fez a introdução aqui alguma coisas assim. Ela é muito ocupado, mas eu faço a questão de ter uma caneta pronta para ajudar se ele disser "FOGO!". Dessa forma eu não perca nada.




(Apenas trechos da entrevista onde Yelawolf foi citado retirados da revista Respect)

Nenhum comentário:

Postar um comentário